Bentô 11: Arroz japonês, frango, abobrinha

Este bentô está bem ao estilo japonês – mais pela configuração do que pelos ingredientes. Este bentô consiste em arroz japonês sem tempero, abobrinha refogada com missô e frango desfiado com pimentão e shoyu. A cebolinha e o gergelim (puro, sem sal) emprestam um pouco de sabor ao arroz.

A comida do dia a dia japonesa é diferente do que a maioria das pessoas aqui no Brasil (não descendentes) considera “comida japonesa”. Pois é, gente, acreditem, não se come sushi, sashimi e yakisoba todos os dias por lá! No blog Just Hungry tem um artigo interessantes sobre a anatomia de uma refeição tipicamente japonesa. Os bentôs são um pouquinho diferentes, mas seguem mais ou menos a mesma proposta: uma base neutra (normalmente o arroz) complementada por pequenas porções de diferentes alimentos, em geral bastante temperados.

Muitos dos alimentos japoneses típicos são ricos em sódio. A população só não explode em pressão alta e outros problemas decorrentes dos excessos porque as pequenas porções regadas a shoyu e missô fortemente salgados se equilibram com o arroz branco sem tempero, que é a maior porção em uma refeição. É claro que contam aí outros hábitos saudáveis, como o consumo de alta quantidade de fibras, de chá, a valorização de comportamentos frugais etc. Ah, e estamos falando aqui dos hábitos da geração que hoje são os idosos, e não dos jovens, já bastante ocidentalizados em seus hábitos alimentares.

Arroz japonês: Com cebolinha e gergelim branco. Veja como preparo arroz japonês aqui.

Abobrinha com missô: Picadinha, cozida com água (apenas o suficiente para cobrir) e pasta de missô, até quase a água secar.

Frango com pimentão: Refoguei o pimentão picado apenas com água; acrescentei o frango desfiado já cozido, um pouco de gergelim branco e o shoyu, e deixei fervendo até quase secar. Com o fogo desligado, conferi o sal (tava suficiente) e acrescentei algumas gotas de óleo de gergelim, para dar sabor.